teste minha imagem
Google+

Dica Nível Intermediário

Como fazer o efeito Steel Wool

A fotografia é maravilhosa por nos permitir criar inúmeras imagens com objetos inusitados e bem simples. Com criatividade e técnica, as possibilidades são infinitas.

Neste post iremos ensinar uma das técnicas fotográficas de efeito mais interessante: o Steel Wool.

Steel Wool significa palha de aço em inglês e, não à toa, esse é o nome desta técnica. A palha de aço é um elemento essencial para realizar fotos como esta.

 O Steel Wool consiste em captar o desenho que a luz realiza quando uma palha de aço é movimentada initerruptamente. Na fotografia, captar o caminho de uma luz se chama light painting, ou, em linhas gerais, pintar com a luz.

Esta técnica consiste em colocar um pouco de fogo numa palha de aço, pedir que uma pessoa a gire ou crie formas no ar e capturar esse movimento com longas exposições. Esse efeito acontece porque a câmera registra o caminho das pequenas faíscas que saem da palha de aço.

Para realizar o Steel Wool não é necessário colocar fogo em toda a palha, apenas em uma parte.

Mas antes de qualquer coisa, nossa primeira dica talvez seja a mais importante para fotos como esta: faça tudo com muita segurança e cuidado.

De maneira alguma trabalhe com crianças por perto. Procure proteger a si e seu equipamento. Vista a pessoa que vai movimentar a palha de aço com calça jeans ou tecidos mais grossos, blusas de manga longa e capuz para proteção. Não faça a foto próximo a objetos que possam pegar fogo. Em hipótese alguma submeta-se a algum risco. O essencial é escolher lugares amplos e desabitados. A foto tem um efeito incrível, mas faça tudo com muita cautela e responsabilidade.

 Para fazer a foto você terá que trabalhar com longas exposições. É necessário registrar todo o caminho da luz para sua câmera, então, quanto mais tempo, mais luz sua câmera será capaz de registrar.

Nesse caso, a exposição depende do seu cenário. Para ter uma foto Steel Wool melhor, uma indicação é interessante: fotografe sempre à noite. O contraste entre a luz e o céu escuro dará muito mais destaque ao efeito que você deseja.

Você também precisará de um tripé, uma DSLR e uma lente de sua preferência – recomendamos lentes mais abertas para registrar o longo caminho que as faíscas têm. Pode ser a EF-S 10-18mm f/4.5-5.6, a EF-S 10-22mm f/4.5-5.6, a EF 16-35mm f/2.8L USM ou a própria EF-S 18-55mm f/3.5-5.6, a famosa “lente do kit”.

Além do equipamento fotográfico, você precisará de uma palha de aço, um isqueiro ou qualquer coisa que seja capaz de produzir pequenas fontes de fogo e um apoio para a palha de aço. Esse apoio pode ser um mexedor de ovos, também conhecido como fouet.

 Coloque a palanha de aço dentro do fouet, assim o movimento será mais preciso.

Para facilitar a foto, dê uma olhada neste passo a passo:

1 - Com tudo isso em mãos, vá com uma pessoa para um lugar desabitado e peça para ela colocar um pouco de fogo na palha de aço, apenas o suficiente para produzir faíscas.

2.1 - Arme sua câmera no tripé ou em algum apoio firme e escolha maiores exposições – algo entre 10 e 30 segundos. Você pode trabalhar no modo TV, em que muda apenas as configurações de velocidade de obturador e a câmera automatiza o ISO e a abertura, ou no modo manual, em que todas as opções são determinadas ao seu critério. Caso queira uma foto mais personalizada, o modo manual pode ser um caminho.

2.2 - Se puder ter um controle remoto para fotografar a distância, use-o, pois será interessante para não ter a chance de tremer a imagem. Recomendamos o Canon RC-6. Caso não tenha o controle remoto, trabalhe com o timer da sua câmera. Configurando-o corretamente, você é capaz de começar a fotografar com dois segundos após pressionar o botão de disparo.

3 - Após todo o processo, basta disparar a foto. Peça para a pessoa fotografada movimentar bastante a palha de aço. Quanto maior o movimento, mais faíscas aparecem e mais interessante sua imagem pode ficar. No início do movimento, dispare a foto.

Como sabemos, uma foto desse tipo é baseada em tentativa e erro, por isso não desista. Você sempre vai aprimorando a imagem a cada novo clique. As tentativas, e por consequência os erros, serão muitos, mas a diversão será garantida.

Configure sua câmera no tripé a uma distância segura do seu personagem para ter um quadro mais amplo e assegurar que as faíscas saiam do enquadramento, e não se esqueça de focar antes do clique e travar o foco em modo manual para a objetiva não recalcular o foco ao clicar.

Pronto, estando tudo no seu devido lugar, é só se divertir com o resultado. Fica incrível.

 

 

Comentários

Deixe seu comentário
Antonio José Coelho de Carvalho

É possível fazer esses registros fotográficos com a Powershot SX50?

Olá Antonio, tudo bem? Sim é possível fazer esse efeito com o modelo de câmera citado.